Macrodados Windows - Séries Históricas
mobirise.com

Ajuda

Dúvidas Frequentes

O Macrodados pode ser usado somente no sistema operacional Windows, em todas as suas versões, incluindo 7, 8 e 10.

Não. Para usar os recursos do Macrodados, incluindo o acesso ao banco de dados, não é preciso estar conectado à internet. A conexão com a internet só é necessária para a atualização periódica do banco de dados.

Você deve baixar os arquivos necessários em nossa página de Download e fazer a instalação. Esta opção é válida somente para assinantes. Se você é assinante do Macrodados, clique aqui para ir à página de Download.

Os dados do Macrodados são atualizados diariamente por nossa equipe a medida em que são divulgados. Seguimos uma rotina que considera os calendários de divulgação fornecidos pelas fontes e consultas a sites de notícias. Para as séries diárias, disponibilizamos todos os dias atualizações para os dados do dia anterior.

Primeiramente você precisa saber desde quando o banco de dados está desatualizado. Para isso consulte na parte inferior da janela do programa Macrodados a Data da última atualização. Se esta data for anterior a 8 semanas, será preciso re-instalar o banco de dados. Para re-instalar o banco de dados, clique aqui. Caso contrário siga as intruções abaixo :


Recomendamos o uso do atualizador automático. Com ele você não precisa se preocupar, o atualizador faz tudo automaticamente, mantendo o banco de dados permanentemente atualizado. Para ativar o atualizador clique no menu do programa em Atualização-Ativar o atualizador automático.

Para maiores informações consulte o Manual do Usuário clicando aqui.


Caso sua conexão internet utilize servidor proxy, talvez seja necessário configurar o atualizador para que ele possa estabelecer uma conexão. Neste caso, clique no menu principal em Atualização-Configurar a atualização. Caso sua rede utilize firewall, talvez seja necessário configurar o firewall para permitir a conexão do programa ou do atualizador.


Se por algum motivo não for possível utilizar esta modalidade, você pode também atualizar pela nossa página de atualização.

Para uma mesma assinatura o limite máximo depende do número de licenças para uso simultâneo contratado na assinatura.

O Macrodados é muito amigável e simples de usar, de modo que geralmente não é necessário nenhum treinamento especial. Sugerimos consulta ao manual do usuário para aprender a utilizar os seus recursos. Para isso selecione a partir do menu do programa a opção Ajuda e em seguida selecione Manual do Usuário.

A partir da página de Contato, na parte de Suporte, preencha o formulario para nos informar sobre sua dúvida ou dificuldade.

Você também pode entrar em contato por telefone ligando para (21) 4062-0145 ou (11) 2122-2472 em horário comercial.

A atualização via internet do Macrodados tenta estabelecer uma conexão http simples com o nosso servidor. Caso você utilize firewall ou proxy, talvez seja necessário configurar o seu firewall e o programa Macrodados para que ele possa estabelecer uma conexão.

Para configurar o programa Macrodados, escolha no menu principal Atualização-Configurar a atualização.

Se ainda assim por algum motivo não for possível utilizar esta modalidade, você pode atualizar o banco de dados a partir de nossa página de atualização.

Para acessar as séries do banco de dados é preciso que seus nomes apareçam na janela que fica à direita dos tópicos, na guia Banco de Dados. Ao selecionar por exemplo "Economia Nacional-Contas Nacionais-PIB Produto Interno Bruto", são mostrados na janela da direita os nomes das séries que compõem este tópico.


Se os nomes das séries não aparecem é porque o programa não está encontrando o banco de dados. Neste caso verifique no menu em Opções-Pasta do banco de dados se o caminho informado corresponde à pasta na qual você instalou o banco de dados. Caso seja uma pasta da rede, ela precisa ter permissão para leitura e gravação. .

Sim, basta fazer os cálculos e gráficos e salvar em arquivo com a opção Arquivo-Salvar do menu. Para recuperar, leia o arquivo com a opção Arquivo-Abrir.


Com este procedimento, os cálculos e gráficos serão refeitos automaticamente, inclusive considerando eventuais atualizações nos dados.


Para que o programa refaça os cálculos corretamente, mantenha sempre as séries originais na Área de Trabalho e deixe sempre marcada a opção Criar novas séries nas janelas de cálculo.

No caso do Excel você pode proceder de duas maneiras : abrir a série diretamente no Excel, ou carregar a série no Macrodados e depois transferir para o Excel (ou outro aplicativo) via Copiar-Colar.


Para abrir séries diretamente no Excel, selecione as séries desejadas na parte direita da guia Banco de Dados e depois clique em Exportar para Excel, abaixo da barra de ferramentas.


Para levar a série para o Excel ou outro aplicativo via Copiar-Colar, primeiramente carregue a série no Macrodados, transforme se for o caso usando as opções de cálculo e depois a partir da guia Área de Trabalho use o botão direito do mouse para acessar a opção Copiar séries (so dados) ou a opção Copiar séries (com nomes e datas) caso queira transferir os nomes e datas.

Você pode também selecionar uma região na guia Planilhas, clicar com o botão direito e escolher uma das opções disponíveis.

Para inserir no aplicativo destino, selecione a célula ou linha inicial e depois acione Editar-Colar.

Selecione no menu principal Arquivo-Importar do Excel , selecione o arquivo e informe a posição e o layout das séries a serem importadas, ou ...

... selecione uma região no Excel (ou outro aplicativo) contendo apenas os valores numéricos das séries e depois tecle Ctrl-V (Editar-Copiar).


No Macrodados selecione a guia Planilhas. Use as guias de periodicidade (mensal, trimestral, etc.) para selecionar a mesma periodicidade da série e posicione o cursor na data a partir da qual os valores serão inseridos.


Clique com o botão direito do mouse para obter um menu popup com as opções Colar-Normal e Colar-Transpondo. Escolha uma dessas opções dependendo se a séries estiverem na vertical (normal) ou na horizontal (transpondo).

Sim. Você deve usar o recurso de Link com o Excel, que possibilita a carga automática de séries do Macrodados diretamente no Excel sem a necessidade de copiar-colar os dados a cada vez : basta usar a função mac para inserir os dados diretamente nas células da planilha.


Para saber mais sobre como instalar e utilizar o Link com Excel clique aqui.

Se a série está em uma planilha Excel, é possível importar para o ambiente do Macrodados. Para isso selecione no menu principal Arquivo-Importar do Excel , selecione o arquivo e informe a posição e o layout das séries a serem importadas.


Você pode opcionalmente criar o seu próprio banco de dados no ambiente do Macrodados, de modo que não seja preciso transferir os dados a cada vez. Consulte o Capítulo 7 do Manual do Usuário para maiores informações.

Carregue no Macrodados as séries que irão compor o gráfico, selecione essas séries na guia Área de Trabalho e clique no ícone de gráfico, na barra de ferramentas do programa, logo abaixo do menu principal.


Você pode opcionalmente clicar na opção Gráfico-Temporal no menu e informar as séries que devem compor o gráfico.

Consulte o ítem 3.7 do Manual do Usuário para conhecer outros tipos e recursos que podem ser usados na elaboração dos gráficos.

Variação percentual ou absoluta, acumulado, conversão de variações em índices, atualização financeira a partir de valores em moeda da época, conversão de valores nominais para moedas da época, mudança de base, deflacionamento de séries nominais, cálculos aritméticos com séries, mudança de periodicidade, ajustamento sazonal, média móvel, projeção por métodos automáticos, logaritmo, exponencial, defasagem, adiantamento, dummies e cálculos de taxas over ou efetiva.


Consulte o Capítulo 4 do Manual do Usuário ou nossa página Cálculos para maiores informações.

Estatísticas descritivas, projeção por métodos automáticos (médias móveis, amortecimento exponencial e Winter), correlações, autocorrelações, autocorrelações parciais, correlograma, estatística Q de Ljung-Box, regressão linear múltipla, gráficos da série ajustada e do resíduo, matriz de covariância, testes de especificação e diagnóstico (coeficientes, resíduos e estabilidade), teste de raiz unitária ADF e teste Granger-causalidade.


Consulte o Capítulo 5 do Manual do Usuário ou nossa página Econometria para maiores informações.

Carregue as séries que você deseja transformar, clique no menu em Cálculos, selecione as séries desejadas e escolha uma das opções de cálculo disponíveis.


As transformações processadas não alteram o banco de dados. Caso queira armazenar estas transformações para não precisar refaze-las a cada vez, use as opções Arquivo-Salvar do menu. Para recuperar os cálculos, inclusive levando em conta eventuais atualizações nos dados, use as opções Arquivo-Abrir.

Na guia Banco de Dados os intervalos das séries são mostrados ao lado dos seus nomes, na coluna Intervalo.

Na guia Banco de Dados clique no bloquinho a esquerda do nome da série ou clique com o botão direito do mouse e escolha no menu a opção Documentação (ou tecle F12).

A senha de registro é enviada para todos os assinantes por e-mail. Se você é assinante e não recebeu sua senha, envie uma mensagem informando seus dados e solicitando sua senha na página Contato.


Você também pode acessar nosso suporte telefônico ligando para (21) 4062-0145 ou (11) 2122-2472 em horário comercial.

Se você é assinante, clique aqui para acessar a página de download e instalação.

Disponibilizamos atualizações para até oito semanas. Se você ficou mais de oito semanas sem atualizar, será preciso re-instalar o banco de dados. Neste caso veja a resposta para a pergunta anterior. Caso contrário, faça o procedimento de atualização normalmente.